No Life
my themes
“Bem, eu realmente aprendi algumas coisas e uma delas é que a felicidade não tem nada a ver com a aprovação das outras pessoas. O que é realmente importante é estar feliz com você mesmo, encontrar alguém que é importante para você e seguir adiante sem ligar para que os outros falam.”
Sumi pra ver se alguém sentiria minha falta. E adivinha? Não deu certo.”
Quem nunca mudou com o tempo? Aos poucos você vai deixando de escutar certas músicas, de usar certas roupas, de falar com certas pessoas. Mudar faz parte do ciclo da vida, embora a essência seja sempre a mesma. Quando encontrar um obstáculo grande na vida, não desanime ao passar, pois com o tempo ele se tornará pequeno. Não porque diminuiu, mas porque você cresceu.”
Autor Desconhecido. 
Quero um amor recíproco. Um amor aonde eu posso me doar por inteiro sabendo que eu vou receber tudo de volta.”
Marcello Henrique. 
Eu gosto de olhos que sorriem, de gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram.”
Machado de Assis.  
Não acelere, mas também não freie. Deixe que a vida ande na sua própria velocidade; você não pode controlar o tempo. As coisas fora do lugar saberão para onde ir.”
Camila Costa  
A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos. Tudo bem. O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.”
Chico Xavier.  
Como alguém pode provocar tantos sentimentos mesmo estando longe?”
Renato Russo. (via sacies)
Eu sou muito sozinho, mas ninguém percebe. Acham que por eu estar sorrindo, eu estou bem. Eu posso estar dando risadas, mas precisando de um abraço. Por que não?”
Marcello Henrique. (via sou-inseguro)